Raciocínio linear, para quê?

Eu acho que tenho um raciocínio meio atrapalhado.
Não penso linearmente. Sou um emaranhado de coisas que pensa sem constantes. Feels good.
Quando estou escrevendo, penso nas coisas que vão acontecer no texto, mas quando vou ler, vejo que as coisas não estão acontecendo na ordem certa, e aí tenho que sair mudando as coisas de lugar.
Não é muito prático.
Também me perco no meio do caminho. É como pegar um ônibus que acabou de mudar de rota, sabe?
Você acha que está no caminho certo, mas tudo parece errado e diferente. No final, você acaba chegando onde queria, mas só depois de ter se perdido todo.
As vozes na minha mente, são elas que eu culpo. Ficam me atrapalhando...
Viu? Já mudei de assunto!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ablepsifobia

Sophie Kinsella

Ser mulher