Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2010

Sabe o que mais?

Eu odeio hiatos.

Querida M.,

Imagem
Hoje estava bastante quieta e passei o dia a observar as pessoas ao meu redor. Incrível as descobertas que fiz. Primeiro descobri que a vida não é bela, justa ou fácil. Ela é sim o exato oposto disso tudo. Lembrei-me de quando liamos o Evangelho na parte em que dizia que a "felicidade não é desse mundo" e que falava de como a Humanidade é ruim, doente ou os dois. Isso nunca te deixou assustada? Pensar que vivemos num mundo com uma essência ruim e que, não importa o que fizermos, não vamos ser felizes. Será que é por isso que escreveram aquela música que diz "tristeza não tem fim, felicidade sim"? Por que ela se encaixa perfeitamente.
Vale a pena viver infinitamente triste por alguns momentos de felicidade? Por que é o que sinto. Acordo todos os dias com milhões de vozes me dizendo várias maneiras de acabar com isso. Falando que posso mandar a tristeza embora e buscar a real felicidade, ter alguma paz. E tenho que, todo dia, ignorá-las. Pensar que posso ter ao menos …

Pra onde vai o seu trem?

Imagem
Li em algum canto, certa vez, que sempre podemos mudar qualquer coisa, começar de novo, afinal, nós somos os únicos no controle de nossas vidas. Talvez até seja realmente possível, mas com certeza é bem mais difícil fazer do que falar. Ter o controle da própria vida me faz sentir mais presa do que se não o tivesse. Por que nunca sei se o que estou fazendo é o correto. Se vai dar certo ou se vai machucar alguém. Quando alguém nos diz o que fazer, só precisamos acreditar. Bem que eu queria que alguém tomasse decisões por mim. Até por que, ultimamente tenho escondido as perguntas debaixo da cama e fugido das decisões até o último momento. Hoje ouvi dizer (e sei que quem falou estava apenas tirando uma brincadeira com alguém) que "a vida é como um trem, nós somos apenas passageiro e não podemos dizer para onde ele vai, lide com isso". Passei toda a aula de química pensando nisso, por incrível que pareça. Nós não podemos realmente dizer para onde o trem vai. Mas somos nós quem compr…

Eu tive um sonho.

Imagem
Ontem sonhei com você. Não devia, aliás. Não somos amigos, nunca conversamos sobre nada. Não temos absolutamente vínculo nenhum. E mesmo assim sonhei com você. No sonho tudo parecia fazer sentido, parecia inacreditavelmente real. Parecia certo, até. Eu e você. E tudo ia se encaixando, sem problemas. Tudo fácil e correto. Éramos felizes, inclusive. Mas então acordei e logo te vi. E não existe "eu e você". Existe eu de um lado e existe você de outro. Parece até estranho eu ter criado algo do tipo. Não temos nada haver. Não temos os mesmos amigos, as mesmas convicções, os mesmos interesses... Nada. Não combinamos em nada. E, ainda assim, sonhei com você. Assim sendo, sempre que te vejo, lembro-me do sonho. Me pergunto várias e várias vezes se, apesar de tudo, daria certo. Se poderia realmente existir um "eu e você". Ou se foi apenas um sonho louco. Tanto faz. Só queria te dizer que ontem sonhei com você.

PS: Me lembrei dessa música... Como fazia tempo que não postava, coloque…