Postagens

Mostrando postagens de Março, 2015

A mente prega peças.

Você já se pegou pensando naquele que disse que um dia esqueceria? Acontece que esse dia ainda não parece ter chegado e seus pensamentos vagam distantes, em busca de não-se-sabe o quê. Okay, eu sei o que é. Em busca de você. Mas você não está mais lá. Acho que talvez nunca esteve. Esteve? Acho que se pudesse ter sua resposta tudo se tornaria mais calmo. Mais tranquilo. Mais plausível. Mas você é incapaz de me dar um retorno, uma palavra sequer. Você é incapaz de me dar paz. Quando vou aprender que o mundo é duro com quem espera muito? Que a vida é injusta com aqueles que mais amam. São também os que mais sofrem, e não é coincidência. Será que você vai aparecer algum dia? Algum dia sequer, chegar e dizer oi de livre vontade, puxar assunto... Estar vivo dói. Mas estar não vivo dói muito mais. E é nisso que eu me pego. Viva. Só não viva a custa de quem não pode muito te dar. Jogue. Só não jogue com os sentimentos daqueles que te amam. Seja. Tudo, menos egoísta. Menos insensível. Cante, mas as cançõ…

Como eu queria...

Eu queria escrever palavras belas. Queria saber tocar seu coração. Acabar com todo o sofrimento. Mas não posso. Não sei como. Só sei que dói. Estou deixada sozinha no escuro. O preto me domina. Domina minha áurea, domina quem sou e o que quero ser. O preto, que é a ausência de todas as cores. É a ausência do seu amor, do seu carinho. É a dor que existe dentro de mim.

Amizade à distância!

- Quanto vale uma amizade à distância? - Foi o que perguntou uma amiga que mora longe. Fiquei confusa de começo. Afinal de contas, o que é a distância? É o espaço a ser medido que separa duas pessoas? A saudade que dói no fundo do coração? Não, distância não é nada disso. Distância não passa de um nome diferente para amor, para amar. A amizade verdadeira não mede distância, não mede dificuldades, não mede meias palavras. Não mede sofrimento e dor. Mede somente alegrias e risadas. Amizade à distância pode ser real. É real! É tão real, é tão palpável quanto aqueles que se veem todo dia. É passar por tudo sozinho e ter saudade do carinho. É sentir falta do abraço, mas ainda assim ser amigos. Amizade à distância não é difícil, não dá trabalho, é só amizade e pronto. Ter um amigo à distância é ter uma parte de si conhecendo o mundo por você. Vivendo por você, em outra parte do mundo. É plantar sementinhas de amor nos corações alheios. É sentir que, em algum lugar, há alguém esperando por você, sen…

Ao som de acústico.

I wish that i could be like the cool kids. They seem to fit in! (cool kids)
Talvez eu simplesmente não dê certo com outras pessoas. Talvez seja meu destino estar sozinha, de fora.
Dói, sabe? Ser assim, solitária. Sozinha nesse mundo cão.

I got another confession to make. (best of you)

Eu gosto de você. Não sei por quê, não sei como. Só sei que gosto. Só sei que é errado. É fora do padrão. E eu não gosto de estar fora do padrão. Gosto de estar sempre por dentro. Gosto das minhas coisas organizadas dentro da minha mente. Cada coisinha, como vai ser.
Mas você não deixa.

Only miss the sun when starts to snow, only know you love her and you let her go, and you let her go! (let her go)

Você me deixou ir, incontáveis vezes. Isso também dói. No fundo da alma. Tudo que você já tocou agora dói em mim.

Não faça mais isso, okay? Não me deixe assim, destroçada, acabada, desistindo. Não quero desistir por sua causa. Não dessa vez. Não vai ser assim.

Feliz Aniversário Luana!!!

Ontem foi aniversário de uma amiga muito especial! Nós somos amigas desde que me lembro, e minha memória é boa, ou seja, faz tempo. Nós brigamos algumas vezes, nada irremediável. Nós somos que nem unha e carne. Aff, coisa mais horrível para se fazer comparação, coisa de unha e carne.... Nós somos pétala e caule! Muito melhor assim! Anyway... Ela é uma das minhas metades. Por que eu não sei se você sabe, mas nós todos somos muito mais do que duas metades. Eu tenho muitas metades, e uma delas é a Lu! Ela me entende, me compreende quando preciso e me repreende quando é necessário. Crescemos juntas, aprendemos tudo juntas, realmente estudamos juntas, trabalhamos juntas já até, dormimos juntas, viajamos juntas, enfim... Eu desejo a você, Lu, tudo de bom que possa haver nesse mundo. E um pouco de coisas ruins, para que você aprenda com seus erros, também, por que né?! Só para você ter o gostinho de dizer que aprendeu e que venceu. E eu espero estar em cada conquistazinha que você fizer. Sei que ai…

56 dias!

- Mãe, o que você acha? - Mas Gabi, ainda falta muito tempo! Mas veja, quanto tempo é muito tempo?? Por que eu não posso planejar o meu momento? Por que não posso querer que ele venha com todas as minhas forças? O convite do meu lançamento já está feito, muito obrigada! Quando queremos muito algo, esse algo parece longe e difícil de alcançar, mas quando estamos chegando perto, distância nenhuma é longa. Tudo que acontece é só um passo a mais para sua conquista.

Uma ode à tempo perdido.

Onde eu estou? Estou no fundo de seus pensamentos. Naquele lugar que você já nem procura mais. Estou presa em sentimentos profundos, sou como um peixe in deep ocean. Procurando não-sei-o-que. Talvez carne para alimentar meus mais próximos desesperos. Desesperos estes que não sei mais onde encontrei. Foi você quem me deu? Pois trate de pegar de volta. Não quero-os mais. Minha garganta e meus olhos ardem. De quê, meu Deus? Talvez do mesmo desespero que tanto tento pôr para fora. "Não temos tempo a perder". Volte. Me faça feliz. Como você disse um dia que poderia. Eu acredito agora, acredito em você. Tenho que acreditar, quero acreditar. "Temos nosso próprio tempo", canta Tiago Iorc em meus ouvidos. "Não tenho medo...". Eu tenho. Muito medo. Medo, medo, medo. "Deixe as luzes acesas". Agora não há mais volta, há? Eu já me apaixonei, não tem como desapaixonar. O que foi prometido? Será que foi tempo perdido? Não somos mais tão jovens. Agora, o que resta, é …