Sobre a dor

Me sinto culpada por me sentir mal. Tem sempre alguém para esfregar na sua cara que já passou por coisas piores, que já sofreu mais, que não sou digna de qualquer dor que sinta. O quanto privilegiada eu sou.
E o pior de tudo é que eu sei. Não tenho grandes motivos para sentir nada do que sinto. Sei que tenho uma vida que muitos sonham em ter. Sei que tenho um lar, uma família, comida na geladeira, saúde, amigos, uma ótima educação... Tenho absoluta certeza disso, não negaria nunca e sou bastante agradecida por tudo.
Não levem a mal, mas pensar isso não diminui minha dor. Pelo contrário. Como já disse, me faz mal saber disso tudo e ainda doer.
Acontece que, o que sentimos está bem além de nosso entendimento.
Parece sem sentido, não é? Também achei. Se me permitem, vou culpar o sono pela péssima qualidade do texto.
E vou logo dormir, antes que fique ainda pior (se é que é possível).

(Nota: texto escrito em 25/05/2010)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ablepsifobia

Sophie Kinsella

Ser mulher