Sobre o medo.

Medo. Como descrevê-lo?
É algo que chega devagar.
Mas que ataca o coração certeiramente.
Estou com medo.
Medo da faculdade,
medo do amor,
medo da vida,
medo do futuro,
medo até do passado.
Medo de mim.
De tudo que eu represento hoje,
de tudo que posso vir a representar.
São tudo ameaças, sorrindo para mim cautelosamente.
Como não deixar o medo te abater?
Como lutar contra ele?
Escrevendo, claro.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ablepsifobia

Sophie Kinsella

Ser mulher